terça-feira, 31 de dezembro de 2013

felicidade

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

beber igual a mim
meus amigos do brésil

domingo, 15 de dezembro de 2013

residência em processo: 
bonita a escolha, o vacilo, de não ter uma cortina no quarto 


sábado, 14 de dezembro de 2013

ele vai saborear a raiva daquele dia enquanto olha para seu par de mãos e não encontra o último dedo com o último anel 

mais uma vez catalogado como um desenho de taxidermia não propõe pouco dialoga com o par de mãos tão enrugadas de água com sabão de hortelã

é quando voltar, porque voltará, avançará em direção ao prédio para esbravejar vida numa falsa tentativa, porque tenta, de recuperar o dedo que ficou faltando

ele anotou ele 


sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

primeiro veio a linha -----
em seguida a segunda seguida de ---- despedida 
por fim a terceira a quarta a quinta 
dez dias, você me lembrou 
dez l embro