segunda-feira, 25 de novembro de 2013

quero voltar pra viver contigo 
o carro, cidade escura, in america

de novo e outra vez 
für hildegard von bingen:
cama que me estreita
ponte frouxa que nem barbante
certeza categórica de planeta-anão 
enquanto aquela luz te recorta 

arqueia-se
todas as pontas de todos os dedos 
resta-nos
te digo, sem desviar a atenção, 
o futuro é azul 

sábado, 2 de novembro de 2013

senti saudade da sopa que dividíamos
não importava a razão ou o motivo ou o desejo
ali próximo ao prato você estava de perfil 
e resmunga