sexta-feira, 1 de agosto de 2008

o meu pai é o pai mais incrível do mundo.
eu penso nele e aí me dá uma vontade de abraçá-lo, de chorar e de dizer que eu o amo.
a minha mãe diz que tem dele (do meu pai) muito em mim.

então daqui uns anos a valentina vai entender o que eu sinto.
estão se acostumando com 'valentina'.